Notícias


Projeto da Escola Santa Terezinha é escolhido para a Conferência Estadual Infantojuvenil do Meio Ambiente

Foi desenvolvido na EMEF Colégio Santa Terezinha, na cidade de Santa Terezinha (PB), o projeto intitulado de Cuidando das Águas, orientado pelo professor da disciplina de Geografia, Paraguassu Eugênio. Participaram os alunos do 7º Ano ao 9º Ano dos turnos da manhã e da tarde. O projeto utiliza coletores que captam água dos ar condicionados para o reúso.  

O professor Paraguassu Eugênio falou sobre a ação.

“Outros projetos foram ou estão sendo desenvolvidos na escola pelos meus colegas e nós apresentamos este projeto com a ideia de sustentabilidade. Que as nossas ações sejam preservadas e supram as necessidades atuais preservando as gerações futuras. Essa ideia de desenvolvimento sustentável ela vai fazer com que a criança possa usar os recursos naturais sem causar prejuízos ao meio ambiente. Mostramos a eles a água como recurso finito e importantíssimo, principalmente para nós que vivemos em uma região semiárida. Mostramos a capacidade hídrica da cidade e que a grande parte dos nossos rios estão poluídos, por exemplo, os esgotos são jogados nas regiões norte e sul da cidade. Mostramos também que isso ocorre em todos os municípios. Hoje em dia falou em meio ambiente tem que ter uma ação, então, propomos uma ação através do reúso da água do ar condicionado, pegamos essa ideia apresentada por um paraibano. Como a escola tem dez ar condicionados, a água acumulada serviria para a limpeza do colégio”, explicou.  

Ele também explicou como são feitos os coletores e além da escola outros lugares também foram contemplados. Ele enfatizou que o projeto será permanente.

“É muito simples o sistema, usa um cano, uma mangueira e uma torneira, em dez minutos eles constroem o material. Eles fizeram também em suas casas e muitos pais adotaram a ideia, saindo dos muros da escola, exatamente é esse o nosso pensamento. Em um ar condicionado conseguimos 1,6 litros de água em uma hora,  na escola ele fica funcionando por dez horas, portanto, por dia seriam 16 litros. Mudamos o projeto, instalamos cinco coletores de água na escola e instalamos cinco coletores em  órgãos públicos explicando a importância do reúso e como manusear. Nos órgãos públicos foram instalados um na Secretaria de Educação, dois no CRAS e dois na Prefeitura. O projeto será permanente na escola, quem construiu foram os alunos com os próprios recursos, por isso eles irão cuidar bem”, destacou.

O projeto foi apresentado durante a Conferência Municipal Infantojuvenil Pelo Meio Ambiente realizada no dia 10 de abril na cidade, sendo selecionada para a Conferência Estadual que será realizada nos dias 17 e 18 de maio em João Pessoa. Como delegada foi escolhida Danielle de Medeiros Lima que irá acompanhada do professor.

 

 

Ascom

« Voltar
shareCompartilhe